Malware Support Menu

Suporte a malware

Como os hackers operam

Os hackers em filmes e programas de TV costumam ser mostrados como solitários da tecnologia, decifrando códigos para acessar dados secretos. Na realidade, a maioria dos hackers tem como alvo empresas, e não indivíduos, para roubar o máximo possível de dados pessoais para obter ganhos financeiros ou para vender na dark web. Isso geralmente começa com a obtenção de uma única senha.

Os hackers não se importam de quem são os dados que obtêm; eles querem isso do maior número de pessoas possível. É por isso que eles têm como alvo grandes empresas com muitos clientes. O objetivo deles é encontrar um elo fraco na segurança, como uma porta destrancada, e, uma vez lá dentro, eles coletam o máximo de informações pessoais que puderem.

Depois de obter os dados, eles próprios os usam ou os vendem. Você pode não notar nada de errado com suas contas bancárias ou online imediatamente, mas transações pequenas e estranhas podem ser um sinal de que seus dados foram comprometidos.

Quaisquer dados roubados, como números de cartão de crédito, identificações de segurança social ou PINs, podem levar ao roubo de identidade ou perda financeira. Endereços de e-mail e senhas também são valiosos. Os hackers podem usar o acesso a uma conta de e-mail para entrar em outras contas, redefinindo senhas ou porque muitas pessoas usam a mesma senha para vários sites.

Mesmo apenas uma lista de endereços de e-mail é valiosa. Os hackers podem tentar fazer login em sites populares com senhas comuns. Isso é chamado de força bruta, onde os scripts tentam milhares de combinações de senhas a cada segundo. Aqui estão algumas dicas para criar senhas fortes:

Evite substituições simples: alterar letras para símbolos (como 5ymb0|) não é seguro o suficiente. Não adicione apenas números: Adicionar um número ao final de uma senha é fácil de adivinhar. Nunca use senhas óbvias: senhas como 'senha' ou '123456' são muito fracas. Evite nomes e frases comuns: os hackers usam scripts para adivinhar frases e nomes populares. Não use palavras de um único dicionário: use frases ou frases. Evite padrões: sequências simples como 123abc ou qwerty são facilmente adivinhadas.

Siga estas dicas para criar senhas fortes e proteger melhor seus dados contra hackers.

Algumas pessoas pensam que não são alvo de roubo de identidade porque não têm nada para roubar. No entanto, os cibercriminosos ainda podem abrir novas contas ou solicitar empréstimos em seu nome, prejudicando a sua classificação de crédito, mesmo que sejam recusados. Eles também podem acessar seus amigos e familiares assim que obtiverem acesso ao seu e-mail. É crucial manter-se seguro online, começando com senhas fortes.